Grupo de Estudos Joaquim Nabuco – Ano IV

O G.E. Joaquim Nabuco reúne pessoas comprometidas com a defesa das instituições tradicionais, das liberdades autênticas, do livre mercado e da pessoa humana, sob inspiração católica.

Por que Joaquim Nabuco?

111111111111111111111111

“Se não estou certo de que a abolição possa salvar o Brasil, estou certo de que nada mais o pode”.

Este grupo de estudos surgiu a partir do desejo de pessoas comprometidas com a defesa das instituições tradicionais, das liberdades autênticas, do livre mercado e da pessoa humana, sob inspiração católica, de analisar, discutir e debater os desafios da sociedade contemporânea e suas possíveis soluções, a partir daqueles fundamentos.

No atual contexto político, seja pelo avanço de ideologias de cunho coletivista no Brasil e na América Latina, seja por uma utopia individualista, de fundo libertário, aqueles elementos sofrem duro ataque.

É necessário ter coragem para defender, mesmo nos momentos mais adversos, o patrimônio moral e institucional que nos foi legado por nossos antepassados e que, ainda que cambaleante, permanece como a melhor forma de garantir o pleno desenvolvimento do indivíduo, da família e da nação.

Neste sentido, a figura de Joaquim Nabuco expressa com fidelidade o espírito que anima esta organização. O grande líder político pernambucano perseverou na luta contra a escravidão, que condenava o Brasil ao atraso, mesmo quando a abolição parecia causa perdida; atuou em defesa da federação, contra a centralização de poder político no governo central; pensou e formulou um projeto de nação, em que a livre iniciativa e os valores democráticos seriam as âncoras da nau brasileira. Em 1892, ao retornar à fé católica, defendeu no livro “A Desejada Fé” a importância histórica do catolicismo na edificação dos valores morais que possibilitaram o notável desenvolvimento da civilização do Ocidente.

Intelectual formidável, político brilhante: Joaquim Nabuco expressa a grandeza de uma nação que, consciente do valor de sua fé e das suas tradições, acredita que o indivíduo, a família e o Estado bem ordenados, constituem os elementos necessários para se fazer um país vencedor.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Navegação

%d blogueiros gostam disto: